Renata Felinto
Renata Felinto

press to zoom
Renata Felinto
Renata Felinto

press to zoom
Performance Danço na terra em que piso, 2014. Foto: Marina Arruda
Performance Danço na terra em que piso, 2014. Foto: Marina Arruda

press to zoom
Renata Felinto
Renata Felinto

press to zoom
1/4
  • Instagram

Renata Felinto

Nasceu em 1978 em São Paulo. Atualmente vive no Crato, CE

 

É doutora e mestra em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista/SP e especialista em Curadoria e Educação em Museus pelo Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo/SP. Artista visual e professora adjunta de Teoria da Arte da Universidade Regional do Cariri/CE na qual compôs o Comitê de Pesquisa Científica, foi coordenadora do Curso de Licenciatura em Artes Visuais e do subprojeto PIBID do mesmo curso.

 

Realizou trabalhos na Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Itaú Cultural, Centro Cultural São Paulo, SESC, SESI/FIESP, dentre outros espaços. Compôs o conselho editorial da revista O Menelick 2º ato e é membro da Comissão Científica do Congresso CSO da Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Coordenou o Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil.

 

Foi curadora da 15°Bienal Naïfs do Brasil, no SESC Piracicaba, São Paulo/SP e é curadora adjunta para cosmologias do Instituto Oficina de Cerâmica Francisco Brennand, Recife/PE.

 

Recentemente participou das exposições FIAC na Lá Colonie, Paris/França; Negros Indícios, na Caixa Cultural, São Paulo/SP; Diálogos Ausentes, no Itaú Cultural, São Paulo/SP e no Galpão Bela Maré no Rio de Janeiro/RJ; Histórias Afro-Atlânticas no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo/SP e Bethoveen Moves, Viena, Áustria. 

 

Vencedora do Prêmio Pipa 2020 e do Prêmio Select 2020.

 

A arte produzida por mulheres e homens negrodescendentes tem sido tema principal de sua pesquisa.